Friday, March 6, 2015

[o melhor do meu dia] and then, there were 4


Sim, é verdade. Algures para o fim de Julho, passaremos a ser 4 cá em casa, e não podíamos estar mais felizes.

De 20 semanas, por ser mãe de segunda viagem ou porque esta cria é mais calma que o R., só agora senti os primeiros movimentos. Sentia-me preocupada por não sentir. Do R. senti tudo logo desde muito cedo. Se calhar a diferença é agora já saber distinguir movimentos da cria de gases. Não sei, mas a verdade é que todas as dúvidas e angustias foram hoje dissipadas. A cria está bem, a mãe já consegue passar um dia sem enjoar, e o médico confirmou aquilo que, contra tudo e todos, a mãe já previa. É um RAPAZ.


Se queria uma menina? Queria um bebé. Sei que, por já ter um rapaz, haveria uma preferência da maioria da família para uma menina. Desde o principio que acho que é menino. Nunca assumi a preferência, porque o que queria era um bebé saudável e ficaria feliz se viesse uma menina. Mas o meu coração andava vestido de azul.

Serei a princesa da casa, com os meus três homens. Além dum melhor amigo, que já tenho no R, vou ganhar outro melhor amigo, outro protector, outro príncipe. Se tiver que tentar mais uma vez (não estou já a pensar nisso, mas quem me conhece sabe que sempre quis mais filhos), aí sim vou assumor uma preferência rosa. Mas por agora, estou estupidamente feliz.

O R. pequeno queria muito um bebé. Queria uma mana, mas achava que era um rapaz. Mãe e filho eram os únicos com esse "feeling". Acertámos. Está feliz por ser menino, e já disse que quer que durma no quarto dele. Até hoje, dizia que o bebé ia dormir no quarto ao lado. Ver a ecografia em directo, com o médico a explicar, talvez tenha tornado mais real a coisa, apesar de confessar que não conseguiu perceber nada.

O R. grande, esse, está feliz com um rapaz. Ficaria feliz com uma menina. Confessa que queria uma menina, para ser menina do papá, porque os meninos são sempre mais próximos da mãe. Eram os ciúmites a funcionar, mas passou-lhe assim que viu a pilinha da cria.

Estou feliz! E hoje começa uma semana sim, o que me deixa ainda muito mais feliz!

Aquele beijo,
*muah*
Ana