Wednesday, February 26, 2014

[o melhor do meu dia] são as pessoas

[post atrasado porque estava à espera das fotos...]

Neste caso, o melhor do meu dia do R. são as pessoas...

O R. fez anos. 4 anos! No dia de anos jantámos juntos, mas estávamos em semana não, e por isso dormiu em casa do pai. Não era o ideal, mas se virmos bem as coisas, a semana sim começou na 6feira e tinha o sábado para lhe fazer uma festa especial. E assim foi!

Só eu sei o quanto me custou financeira e fisicamente. Financeiramente, porque estou de baixa e obviamente, nos dias de hoje, montar uma festa fica fora de qualquer orçamento. Fisicamente, porque estou de baixa, e obviamente, para poupar, quase tudo me saiu do corpo. Comidinha e decoração da mamã, feita com amor e carinho. 

Depois da festa, no dia seguinte, perguntei ao R. se tinha gostado da festa. Ele disse que sim. Depois perguntei o que tinha gostado mais. Ele respondeu "os primos, o Miguel e o Sebas".
Este puto é mesmo meu filho. Não importa onde, como ou porquê, o que interessa é com quem. E são as pessoas que nos fazem felizes.
Para quem se pergunta quem são "os primos, o Miguel e o Sebas", são as crianças que estiveram na festa. Os primos, o Miguel que já é da casa, e o Sebas (ou seja, Sebastião ou seja, filho do pai do R.). Sim, eu saberia que este dia ia chegar - ter o filho do M. cá em casa! Não pensei que seria tão cedo, pois o puto só tem 2 anos. Mas assim foi. No dia especial do meu R. o irmão veio com ele para o fazer feliz. E acho que ambos se divertiram. Esta coisa de ser mãe está-me no sangue e tratei-o como se fosse meu filho... 

Obrigada às mais de vinte pessoas que estiveram presentes por tornarem o dia do meu filho especial! Temos pena que não tenham vindo todos os convidados. Chegaríamos facilmente aos quarenta. Talvez para o ano. Obrigada ao R. grande por ser ainda mais alucinado que eu, por permitir que eu cometa alguns excessos no que diz respeito ao R. pequeno.

Mesa da Festa
Aquele beijo,
*muah*
Ana