Sunday, November 17, 2013

[há dias assim] It's the possibility that keeps me going, not the guarantee

[post copiado do outro blog, quando comecei a escrever sobre o que me vai no coração]

Sozinha no silêncio, vejo o passado, o presente e o futuro. Sei que o futuro não é igual ao presente, e preciso de exprimi-lo, essa necessidade de ser outro alguém. Ultimamente, como noutros períodos da minha vida, tenho necessidade de escrever. Rabisco ideias e sonhos, em cadernos ou folhas soltas, sentada numa esplanada ou numa sala de espera. Textos perdidos ou que se encontram depois no meio de outros. Esta necessidade de escrever, de deitar cá para fora tudo o que sufoca. Surge tantas vezes. Surge essencialmente quando ninguém me ouve. Ou quando sinto que isso acontece. Quero fazer da arte a minha vida. Quero criar porque a criar me sinto feliz. E hoje apeteceu-me criar textos que dizem tudo e nada.



Aquele beijo,
*muah*
Ana